Acadêmicos da UEPG são selecionados em projeto Crônicas dos Campos Gerais

Os alunos da UEPG Juliano Lima Schualtz e Francielly da Rosa tiveram suas crônicas selecionadas para o projeto “Crônicas dos Campos Gerais”, da Academia de Letras dos Campos Gerais. As crônicas “Afetos de uma casa” e “Os tesouros da Princesa” foram publicados na página do projeto e na mídia local.

O objetivo do projeto, segundo Mário Sérgio de Melo, integrante da equipe da ALCG e professor aposentado da UEPG, é estimular a produção literária e divulgar autores regionais. Os relatos escritos de vivências da população regional ou visitantes dos Campos Gerais, sejam estas reais ou fictícias, cotidianas ou inusitadas, trazem memórias, sentimentos e envolvimentos, além de estimular a criação literária e a leitura.

Em parceria com órgãos e entidades da região ligados à cultura, à educação e às comunicações, o projeto prevê a divulgação das crônicas na mídia local, além da edição de um livro ao final do projeto, em novembro de 2020. Autores com mais de dezesseis anos de idade podem enviar seus textos com no máximo 2500 caracteres para análise de uma comissão julgadora, de acordo com as instruções da equipe do projeto. Os textos são selecionados a partir da criatividade, originalidade, qualidade literária e relevância do tema para os Campos Gerais do Paraná.

Na crônica “Afetos de uma Casa”, o estudante de História na UEPG Juliano Lima Schualtz descreve de forma provocativa uma casa simples de madeira, no interior do Paraná. Por sua vez, “Os tesouros da Princesa”, de Francielly da Rosa, acadêmica de Letras Português/Inglês na UEPG, enaltece e reverencia o imaginário da “Princesa dos Campos Gerais”.

Texto: Aline Jasper