Pró-reitorias entregam cestas básicas durante a pandemia

A Universidade Estadual de Ponta Grossa realiza a segunda entrega de cestas básicas para pessoas em vulnerabilidade social durante o período da pandemia. A distribuição de 90 cestas está sob responsabilidade das Pró-reitorias de Assuntos Estudantis e Recursos Humanos, além da Pró-reitoria de Extensão e Assuntos Culturais.

A Seção de Assistência e Promoção Social da Diretoria de Qualidade de Vida no Trabalho da ProRH está distribuindo 40 unidades para servidores com os menores salários da instituição. “Algumas pessoas não quiseram receber porque não estavam precisando e encaminhamos essas para a Seção de Assistência e Promoção Social para que fossem entregues a funcionários com alguma situação de vulnerabilidade”, detalha Jeverson Nascimento.

De 23 a 29 de maio, a Prae realizou a entrega de 10 cestas básicas, que foram entregues nos domicílios dos alunos. De acordo com a Pró-reitora Ione Jovino, o objetivo foi assegurar a segurança alimentar de estudantes, que estão em condições de privação alimentar. “O fluxo para acesso à cesta básica é o mesmo do auxílio emergencial, em que o estudante entra em contato com a Prae, por e-mail, Whatsapp ou é encaminhado pela coordenação de curso”, diz Jovino. As solicitações do auxílio passam por análise e parecer técnico da Diretoria de Ações Afirmativas e Diversidade.

Até 27 de maio, a Proex entregou 15 cestas básicas para o projeto de extensão Migrações Internacionais e outras 5 para a Incubadora de Empreendimentos Solidários (IESOL).

Esta é a segunda etapa de distribuição de cestas básicas. A primeira foi realizada em abril, quando a Universidade Estadual de Ponta Grossa entregou 130 cestas básicas para famílias de catadores de recicláveis cadastrados e acompanhados pela instituição há anos. Até o momento, foram entregues 220 cestas para pessoas em vulnerabilidade.

Doações

O reitor da UEPG, Miguel Sanches Neto, destaca que é possível ajudar outras famílias, doando valores em dinheiro para a compra de cestas. “Se você quer ajudar sua comunidade, como empresário ou como pessoa física, procure a UEPG para que possamos encaminhar mais cestas básicas para outras famílias que passam por esse momento difícil. Não esperemos que as pessoas cheguem ao hospital para ajudá-las – vamos ajudar nesse momento em que tantos passam por dificuldades”, convida Sanches.

Para doar, é só acessar www.uepg.br/covid19, onde estão disponíveis os dados bancários da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento Institucional, Científico e Tecnológico da Universidade Estadual de Ponta Grossa (Fauepg). Cada cesta básica tem um custo de R$50. No site, também estão disponíveis as outras ações de voluntariado e arrecadação de doações da campanha “UEPG contra o coronavírus”.

Foto da capa Luciane Navarro Foto da Matéria: Arquivo Proex