UEPG conclui obras de iluminação na pista de atletismo

A Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) concluiu ontem (18) a iluminação da pista de atletismo do campus Uvaranas, que conta agora com 5 mil metros quadrados iluminados por 26 postes de led. A obra integra a segunda fase do Rota Segura, que será concluída em 15 dias, com a instalação de 264 pontos de iluminação no campus Uvaranas.

“A pista de atletismo iluminada vai proporcionar um espaço seguro de lazer e prática esportiva para a comunidade interna e externa. A obra integra o conjunto de ações do projeto Campus Parque que lançamos no início da gestão e que visa abrir cada vez mais as portas da universidade para a população”, diz Miguel Sanches Neto, reitor da UEPG.

A obra da pista de atletismo não estava prevista no projeto original da Rota Segura, iniciado em 2017, e foi incluída pela nova gestão da UEPG. A reitoria, a Pró-reitoria de Planejamento, a Pró-reitoria de Assuntos Administrativos e a Prefeitura do Campus uniram esforços para realização um estudo das áreas que mais que impactariam a segurança do campus.

A iluminação da pista de atletismo, a ligação com o Hospital Universitário e a reposição dos cabos para religação da iluminação entre o Observatório Astronômico e a Casa do Estudante foram as áreas diagnosticadas prioritárias para a segurança da comunidade universitária e externa.

Custo

A Superintendência Geral de Ciência Tecnologia e Ensino Superior (Seti) custeou a obra.  O contrato original da segunda fase, composto pela estrutura lógica e iluminação no campus, é de aproximadamente R$ 574 mil, mas um aditivo de R$ 136 mil possibilitou a ampliação da área de abrangência, incluindo a pista.

Além dos 26 postes na pista de atletismo, estão adiantadas as obras de instalação de outros 10 no caminho para o Hospital Universitário. “Estamos muito felizes com a entrega da iluminação da pista porque era uma demanda antiga da comunidade e, em duas semanas, terminaremos as outras duas ligações”, enfatiza o prefeito do campus Eduardo Pereira.

A região do Centro de Vivência e vigilância recebeu outros 15 postes. No total, 51 postes adicionais foram incluídos a partir do recurso adicional. A segunda etapa da Rota Segura, somados contrato original e aditivo, custou cerca de R$ 711 mil.

Entrega da Rota Segura

Em 15 dias, a segunda etapa da Rota Segura será finalizada, com a reposição dos cabos para religação entre o Observatório e Casa do Estudante, trecho utilizado por acadêmicos para ir embora e com grande circulação da população, que passa pelo campus e segue para o Jardim Paraíso. “A infraestrutura de cabeamento, que havia sido roubada, já foi refeita. Resta somente a instalação dos postes”, diz Pereira.

A obra de ligação entre HU e o campus inclui a iluminação da rua entre a guarita e o prédio do Hospital, plantio de grama e obras no calçamento, com retirada e reparação da calçada antiga para escavação de valas. “A conclusão da segunda fase do projeto com a ligação entre UEPG e HU representa um avanço significativo da iluminação do Campus de Uvaranas e se soma às outras ações já adotadas pela reitoria para melhorar as condições de segurança para a comunidade interna e dos arredores que usam o campus para circular”, diz o vice-reitor Everson Krum.

Mais segurança no campus

Quando concluída a obra, em poucos dias, a segunda etapa da Rota Segura terá instalado 264 postes no campus Uvaranas. As obras reforçaram a iluminação em todo o Campus de Uvaranas, desde o portal (entrada do prédio da reitoria) passando pelo bloco das engenharias, pela área da Educação Física, pelas áreas do curso de Zootecnia, Farmácia O Centro Interdisciplinar de Pesquisa e Pós-Graduação (CIPP), rua do bosque das araucárias, estacionamento da Central de Salas, Blocos F, L, M, proximidades do PDE, e biblioteca ganharam reforço na iluminação. A área do portal e reitoria, rua de ligação entre Centro de Convivência e Bloco G – Educação Física também estão com nova iluminação.

Para a Pró-reitora de Planejamento, Andreia Tedesco, um dos grandes desafios da nova gestão é solucionar a sensação de insegurança no campus. A instalação da base da PM e a implantação da Rota segura vêm de encontro a essa demanda. “A Rota Segura, especificamente, permitiu uma melhor iluminação dos trajetos principais percorridos pela comunidade acadêmica entre os blocos e entradas/saídas do campus. Além disso, a iluminação da Pista de Atletismo mostra-se como um marco no projeto Campus Parque, que intenciona ampliar o uso dos espaços do campus também à comunidade não acadêmica”, conta.

O que já foi feito

De acordo com informações da Prefeitura do Campus, a primeira etapa da Rota Segura, concluída em julho de 2018, instalou 267 postes de iluminação desde a Casa do Estudante até os blocos E e F, bloco G, pista de atletismo, bosque das araucárias e Central de Salas de Aula, Colégio Agrícola, inclusive a praça, passando pelos Blocos L e M. Somadas as duas fases, são mais de 500 postes de iluminação em todo o campus Uvaranas.