Professor do curso de Direito faz sucesso com canal no Youtube durante a pandemia

Enquanto alguns professores se preparam para dar aulas pela internet, o professor Renê Hellman já está pronto, com 130 mil inscritos e mais de 10 milhões de visualizações. Professor-assistente do Departamento de Direito Processual da UEPG, Hellman publica vídeos no Youtube desde julho de 2015 e a partir desse ano, também é diretor-administrativo da Pró-reitoria de Graduação (Prograd).

Recentemente, o canal serve como material base para as disciplinas de Hellman. “Os alunos tinham acesso às videoaulas com antecedência e na sala de aula eu podia trabalhar com atividades de aprofundamento e discussões baseadas em casos concretos”, detalha. “Justamente pelo fato de ter o conteúdo pré-gravado, que é um ponto de partida, eu possuo um tempo maior em sala de aula para atividades diferenciadas”, continua Hellman.

Durante a pandemia do covid-19, Hellman continuou disponibilizando os vídeos regulares de seu canal. “Também realizamos algumas lives em parceria com o Departamento de Direito Processual e o Centro Acadêmico Carvalho Santos, por conta de um evento on-line”, conta Hellman. Quando o calendário letivo da UEPG for retomado em 20 de julho de forma remota, o professor voltará a publicar vídeos dirigidos aos alunos das suas disciplinas.

Além de lecionar no curso de Direito, Hellman atualmente ocupa o cargo de diretor-administrativo na Pró-reitoria de Graduação (Prograd). “Pretendo servir a universidade com a minha experiência em atividades remotas e de educação a distância e colaborar com os professores e coordenadores no que for necessário”, adianta Hellman.

“Vai ser um desafio, por conta de todo o problema gerado pela pandemia, mas acredito que será um período proveitoso, porque todos estão focados em superar as dificuldades”, considera Helman.

Um breve histórico

“Eu iniciei o canal para postar vídeo-aulas que eu gravava quando era professor em outra instituição”, comenta Hellman. “Foi um meio que eu encontrei de disponibilizar o conteúdo de forma gratuita pela internet, para que os meus alunos tivessem acesso fácil”, explica.

Aliando as aulas com diferentes metodologias, o canal cresceu em vídeos e inscritos. Logo, Hellman havia disponibilizado todo o curso de Processo Civil pelo canal no Youtube. “Depois, eu passei a gravar vídeos menores comentando cada artigo do Código de Processo Civil”, complementa o professor.

Nesse período, o canal passou a atrair outros públicos além dos alunos de Hellman. “O canal tem sido uma plataforma muito interessante de produção de conteúdo, porque permite o contato com pessoas de todo o Brasil”, reflete. Então, quando o professor começou a lecionar na UEPG, os acadêmicos passaram a utilizar o canal para revisar os conteúdos trabalhados.

Texto e foto: William Clarindo