Pesquisadores da UEPG inauguram Painel Geoturístico em Prudentópolis

Os pesquisadores do Programa de Pós-graduação em Geografia da UEPG, Antonio Liccardo, Carlos Alexandre Rogoski e Tiago Augusto Barbosa estiveram em Prudentópolis ontem (28) para a inauguração do Painel Geoturístico do Pinheiro de Pedra.Antonio Liccardo, Carlos Alexandre Rogoski e Tiago Augusto Barbosa, do Programa de Pós-graduação em Geografia da UEPG.

O Pinheiro de Pedra é um geossítio localizado na comunidade Faxinalense Taboãozinho/Ponte Nova, que se destaca pela presença de troncos fósseis, que remontam a cerca de 250 milhões de anos. De acordo com os pesquisadores, a descoberta deste sítio paleontológico se deu há cerca de um ano, durante atividades de pesquisa da pós-graduação e, diante da importância deste patrimônio, esforços conjuntos da UEPG, do ITCG (Instituto de Terras, Cartografia e Geologia), da SEEC (Secretaria de Cultura do Paraná) e da Prefeitura Municipal de Prudentópolis viabilizaram o seu tombamento e a instalação de um painel de informação geocientífica no local.

Nesta mesma data, os pesquisadores estiveram reunidos com representantes das instituições e com o prefeito, quando se discutiu a viabilidade da criação de um Geoparque no município, além de ações específicas para a conservação do geossítio em questão.

“A UEPG vem se destacando em pesquisas em geodiversidade, geoconservação e geoturismo há quase duas décadas e os resultados destes esforços têm se revertido para municípios e comunidades, oportunizando caminhos para um geoturismo sustentável”, afirma o professor Antonio Liccardo.

Além do Painel Geoturísitco, pode-se destacar outros produtos construídos pela equipe de pesquisadores, como mapas geoturísticos e vídeo documentário de Prudentópolis (https://www.youtube.com/watch?v=AY3x0QxguYY), abrindo-se a perspectiva de oficinas de educação patrimonial e paleontologia na comunidade.