Lama/UEPG apresenta resultados de pesquisa para agricultores

A equipe do Laboratório de Mecanização Agrícola (Lama-UEPG) realizou um dia de campo para conversar com agricultores e técnicos do assentamento Contestado, no município da Lapa sobre o tema da dissertação da mestre em Agronomia Aghata Rewa Chanobay. O trabalho, intitulado “Atributos do solo em sistema agroflorestal”, foi defendido em fevereiro junto ao Programa de Pós-Graduação em Agronomia e resultou de pesquisa feita no lote da família Luiz e Eliane Schons no assentamento.

Como conta a equipe do Lama, essa foi uma forma de devolver os resultados e debater o tema com os produtores. “No assentamento existem vários produtores que adotaram a técnica de sistemas agroflorestais, a qual é considerada a forma de exploração agrícola mais sustentável, principalmente quanto à conservação de água e solo”.

Pela parte da manhã, foi realizada palestra, contando os objetivos, revisão, material e métodos, resultados, discussões e conclusões do trabalho de dissertação. Na parte da tarde, foram realizadas atividades no campo sobre os métodos de análise de qualidade do solo, discussão de manejos agrícolas e cultivos agrícolas. Para Aghata, “foi muito gratificante realizar trabalho que foi útil para mim, que foi útil para o Lama, que vai gerar uma publicação científica e que pode contribuir com os agricultores camponeses, geralmente esquecidos na atual conjuntura”.

O agricultor Celson José Chagas, um dos coordenadores da Cooperativa Terra Livre, que reúne os agricultores locais, sugere que seja realizada nova atividade com profissionais que prestam assistência técnica para os cooperados, para que estes levem a todos os 206 cooperados as técnicas e os resultados discutidos.

Texto: Aline Jasper / Colaboração: LAMA/UEPG