Hackathon Vida divulga projetos vencedores

Após uma semana de maratona virtual, o Hackathon Vida divulgou os projetos vencedores. A competição, promovida pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Prefeitura de Ponta Grossa e comunidade de startup Campos Valley, contou com 22 equipes participantes que desenvolveram projetos para três categorias: educação; gestão de negócios; e sociedade e saúde.

 “Esta foi nossa primeira experiência de hackathon on-line e tivemos resultados muito positivos. Além do desenvolvimento de projetos que podem ajudar diversos segmentos a reduzir o impacto da pandemia, conseguimos adaptar a metodologia para realizar todas as mentorias e apresentações de forma remota, obtendo 100% de aproveitamento das equipes. Os encontros on-line também garantiram mais heterogeneidade nas equipes, que acabaram mesclando participantes de diversas instituições acadêmicas e segmentos diferentes”, avalia a coordenadora de fomento ao empreendedorismo e inovação da Secretaria da Fazenda, Tonia Mansani.

Segundo o pró-reitor de pesquisa e pós-graduação da UEPG, professor Giovani Marino Favero, o Hackathon permitiu a discussão sobre áreas que estão sofrendo gravemente com a pandemia e isolamento social. “É necessário criatividade e inovação para a redução dos malefícios causados nas áreas da saúde, educação e economia. “Nitidamente fomos pegos de surpresa com uma doença em escala global. O grande desafio da maratona é encontrar soluções que possam minimizar as preocupações individuais que afetam o coletivo”, afirma.

O superintendente geral de inovação do Governo do Estado, Henrique Domakoski, reforça que a situação é séria, sem precedentes e exige uma série de ações rápidas, eficientes e, sobretudo, inovadoras. “Iniciativas como esta contam com nosso total apoio, porque é uma forma de encontrarmos juntos, sociedade de forma geral, academia, governo e empreendedores, soluções inovadoras, que certamente vão nos ajudar a sair dessa da melhor forma possível”, avaliou durante o período de inscrições.

Com patrocinadores nos segmentos platinum, ouro, prata e bronze, foi garantido mais de R$ 14 mil em premiações para os primeiros colocados em cada área. Além da premiação em dinheiro, os primeiros lugares também serão contemplados com a inclusão no programa de incubação do HUB de Inovação da UEPG e com um curso do Sebrae. Os segundos colocados receberão também um voucher do coworking Hive. As soluções desenvolvidas no evento deverão ser disponibilizadas gratuitamente às pequenas empresas brasileiras interessadas ou instituições públicas por no mínimo 6 meses, tendo em vista a responsabilidade em relação ao empreendedorismo social.

 Conheça os Projetos vencedores

Saúde e Sociedade
3º lugar: e-Health (Website e app Os Farmacêuticos para compra de medicamentos online e acompanhamento da posologia adequada pelo aplicativo);

2º lugar: Amanhã Sermos (App Amigão – aproxima pessoas que querem melhorar a vida no planeta, com a produção de bons exemplos e da geração de negócios sustentáveis);

1º lugar: PÊGente (Cook’aS – conectar profissionais de produção de alimentos que pretendem iniciar ou expandir seu negócios com proprietários de cozinhas profissionais ociosas);

Educação
3º lugar: Educax (Plataforma com vídeos em uma versão lúdica para aprendizagem com auxílio dos professores online);

2º lugar: Reborn  (Solução com viés educacional utilizando os princípios de gamificação, que irá motivar o engajamentos dos alunos e aumentar a produtividade);

1º lugar: Educação pela vida (Solução que conecta o aluno ao professor, através da integração entre a tecnologias de ambiente virtual de aprendizagem (AVA) com os diversos serviços de mensageria (Whatsapp, Telegram, Discord, web-chat);

Negócios
3º lugar: Centauro (Essencial App – Aplicativo para delivery de produtos urgentes, e serviços);

2º lugar: Equipe 202 (Plataforma para linkar clientes, designers e setor moveleiro);

1º lugar: Business Womens (Software de gestão de estoque Sacola Fácil, que funciona ao mesmo tempo como vitrine virtual);

Texto: divulgação – Prefeitura de Ponta Grossa (adaptado por: Vanessa Hrenechen)    Foto: divulgação (Youtube)