Equipe do Numape orienta sobre Lei Maria da Penha

Para orientar a população, a equipe do Núcleo Maria da Penha da Universidade Estadual de Ponta Grossa (Numape/UEPG) gravou um vídeo sobre os tipos de violência que a mulher pode sofrer e as medidas de proteção existentes. O projeto de extensão, que oferece auxílio a mulheres em situação de violência no município de Ponta Grossa desde 2018, está realizando atendimento remoto durante a pandemia.

O Numape conta com uma equipe multidisciplinar composta por profissionais e estagiários das áreas do Direito, Psicologia e Serviço Social, que além de atender gratuitamente, também realiza trabalhos informativos e educativos a respeito da violência doméstica e familiar contra a mulher. Conforme explica a coordenadora do Numape, Maria Cristina Rauch Baranoski, para evitar aglomerações, nesse período de pandemia os atendimentos acontecem a distância. “As mulheres que precisarem, podem entrar em contato por e-mail, pela página do Facebook e também nas segundas e sextas-feiras, das 8h às 11, há um plantão telefônico para qualquer emergência”, conta.

Para a coordenadora, estar em casa é preciso neste momento, mas é necessário atenção aos sinais. “Muitas vezes o isolamento social pode representar estar junto de possíveis agressores. Portanto, procure quem pode te ajudar, mesmo na quarentena”, reforça. Atualmente, o município de Ponta Grossa conta com diversos dispositivos atuantes no combate à violência contra a mulher que fornecem orientações e realizam atendimentos às vítimas, cada qual com formas de acolhimento e metodologia específicos.

Contatos

Facebook: @numapeuepg

E-mail: numapeuepg@gmail.com

Telefones do Numape (Plantão segundas e sextas-feiras, das 8h às 11):

(42) 3220 – 3475

(42) 2102 – 8614

(42) 2102 – 8615

Outros telefones:

Delegacia da mulher: 33091300

Patrulha: 153

Disque denúncia: 180

Juizado: (42) 3309-1607

Acompanhe o vídeo

Texto: Vanessa Hrenechen