CDEPG disponibiliza relatório da 2ª etapa da pesquisa dos impactos da Covid-19 na economia local

Compartilhe

A Diretoria do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Ponta Grossa (CDEPG) aprovou na última sexta-feira (5) o Relatório da 2ª etapa da pesquisa realizada pela Câmara Técnica Permanente de Comércio e Serviços em parceria com o Núcleo de Economia Regional e Políticas Públicas (Nerepp), do Departamento de Economia da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). O documento revela os impactos da Covid-19 na estrutura econômica de Ponta Grossa, com base no questionário aplicado na segunda quinzena do mês de maio que analisou basicamente duas variáveis: Faturamento e Emprego.

O questionário foi respondido por 273 estabelecimentos de forma on-line, quantidade inferior comparado à primeira etapa que registrou 468 formulários respondidos, porém, contou com praticamente todos os principais tipos de segmentos atingidos pela amostragem.  A área do comércio varejista foi a que mais colaborou com a pesquisa, representando 20% da participação, seguida pelos outros serviços (15%), indústria (14%) e Gastronomia/Bares/Restaurantes (11%).

Analisando inicialmente todos os estabelecimentos, observa-se que a maioria das empresas tiveram 80% ou mais de queda do seu faturamento nesse período. Na média, a perda de faturamento entre os estabelecimentos não essenciais foi de 65%, contra 40% de queda dos essenciais, ressaltando que, no conjunto, a perda média foi de aproximadamente 55% . Se comparar com o mês de abril, a queda foi um pouco menor, entretanto, manteve-se a mesma tendência.

A professora Augusta Pelinski Raiher, pesquisadora do Nerepp, disse que houve mudanças no cenário, por conta da flexibilização das medidas governamentais restritivas e pela atividade econômica ter retornado. “O primeiro estudo fazia pouco tempo que parte das atividades tinham voltado e não registramos uma melhora absoluta e homogênea. Tivemos como analisar qual é a medida que resulta em menor impacto nas receitas dos empresários. As grandes empresas começaram a registrar perdas maiores, diferente do relatório anterior. Isso, porque se acentua a crise, não apenas no âmbito interno, mas também no externo”, explica.

O coordenador da Câmara Técnica, Felipe Podolan, aponta que a partir do Relatório, será criado um parecer para que o Conselho avalie e proponha políticas públicas para o auxílio da economia local. “Entendemos que através do parecer da Câmara, as demais instancias técnicas poderão se manifestar e auxiliar em um plano de retomada, baseado nos dados levantados e comparados com as duas etapas da pesquisa”, disse Podolan.

O presidente do CDEPG, Wilson Oliveira, parabenizou a equipe responsável pela pesquisa e adianta que quando a Câmara Técnica emitir o parecer, convocará uma reunião extraordinária do CDEPG para definir uma sugestão de plano do Conselho para a Prefeitura. “Estes dados darão o norte de quais setores estão sendo mais afetados, para traçarmos estratégias para a retomada do desenvolvimento econômico pós-pandemia. Através destes dados, nossa contribuição será baseada em evidências estatísticas de quais setores deverão receber maior atenção”, finaliza Oliveira.

Durante o decorrer desta semana, o CDEPG, através da Câmara Técnica Permanente de Comércio e Serviços, divulgará de maneira mais detalhada os dados sobre a pesquisa. O Relatório sobre os impactos da Covid-19 na economia de Ponta Grossa está disponível no site do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Ponta Grossa.

Texto: divulgação (CDEPG)    Foto: Vanessa Hrenechen

 

 


Compartilhe