Aplicativo reúne demandas e ações voluntárias durante pandemia de Covid-19

Um projeto da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR – Ponta Grossa), em parceria com a Universidade Estadual de Ponta Grossa, está desenvolvendo um aplicativo para unir demandas por doações com voluntários durante a pandemia de Covid-19. O aplicativo “SOS Pandemia” vai cadastrar unidades de saúde e colaboradores.

Como conta a professora Sani Rutz, do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciência e Tecnologia da UTFPR, o projeto prevê um aplicativo mobile e uma plataforma web. “O objetivo é que os hospitais e unidades básicas de saúde indiquem quais as suas necessidades – equipamento de proteção individual, mantimentos, aventais, máscaras, entre outros. Após o cadastro destas necessidades, empresas e os próprios membros da comunidade poderão se organizar para a doação destes materiais”, explica a coordenadora institucional do projeto.

O professor Everson Krum, vice-reitor da UEPG, assinala que as universidades assumiram protagonismo nas ações contra o coronavírus. “Em Ponta Grossa, a UEPG e a UTFPR estão na vanguarda de muitas ações locais. O aplicativo é uma dessas iniciativas que nos aproximam, afinal, apoiamos todos os bons projetos que contribuam para a mobilização social no combate à pandemia”, destaca.

Com previsão de lançamento para a primeira semana de abril, a iniciativa pretende cadastrar o maior número de unidades de saúde, para intensificar o combate à Covid-19. A professora Sani reforça que interessados em colaborar devem ficar atentos. “Ao final deste processo, com o apoio de todos, o sistema de saúde poderá prestar um atendimento digno a todos e não entrar em colapso”, enfatiza.

Além da professora Sani Rutz, coordenadora do projeto, a equipe conta com o professor Max Mauro Dias Santos; os alunos Diego Schlosser, Hernani Cruz, Edson da Silva Júnior, João Castilho; o proprietário da empresa Web Age Informática, Jeferson Almeida; e o professor Ricardo Zanetti, coordenador do curso de Medicina da UEPG.

O projeto SOS Pandemia foi contemplado pelo edital emergencial 06/2020, lançado pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná, na última segunda (23). Com a aprovação neste edital, o aplicativo terá apoio financeiro para sua produção e manutenção.