Hospital Universitário Materno Infantil comemora Semana da Criança

Compartilhe

“Era exatamente o que eu queria!”. Foi assim, com brilho nos olhos e um sorriso que transparecia mesmo debaixo da máscara, que a pequena Helena agradeceu o presente recebido nesta segunda (12), Dia das Crianças, das mãos da equipe multiprofissional do Hospital Universitário Materno-Infantil (Humai-UEPG). A entrega de brinquedos é uma das atividades que acontecem durante toda a semana para trazer alegria e alento às crianças internadas no hospital.

Na Maternidade, UTI Neonatal e Pediátrica e leitos pediátricos, as crianças e bebês têm recebido uma série de visitas inusitadas: palhaços, super-heróis e heroínas, fadas, bruxas e vários outros personagens. O corredor do Hospital também ganhou uma decoração com balões, e até o café da manhã de segunda-feira foi especial, com bolinhos em forma de ursinho. Os pacientes ganharam muitos brinquedos, livros infantis, polvos de crochê para os bebês, máscaras de tecido e, principalmente, muito carinho e alegria.

Na sexta-feira, o espaço lúdico da brinquedoteca será reaberto. “Vamos liberar o espaço de maneira isolada, para algumas atividades para as crianças. Todas as atividades serão realizadas com medidas de segurança e sem aglomerações”, explica a professora Fabiana Bucholdz Teixeira Alves, Diretora Acadêmica do HU.

Diante da pandemia de Covid-19, a organização das atividades precisou considerar os protocolos para evitar a transmissão da doença. “São atividades simples, organizadas com carinho pelas equipes do hospital”, conta a professora Fabiana. Com doações de empresas e parceiros, foi possível arrecadar os brinquedos, alimentos, balões e itens para garantir a alegria dos pacientes. “É uma ação em que as duas associações, Abrace o HU e Amigos do HC, se uniram para levar um pouco de alegria ao hospital”, complementa Fabiana, que também é presidente da Associação Abrace o HU.

O diretor geral do Hospital Universitário, professor Sinvaldo Baglie, ressalta o compromisso com a Saúde e o atendimento humanizado, que fazem do Hospital uma referência na região dos Campos Gerais. “Nos orgulhamos de atender aos pacientes de todas as idades com qualidade e humanização”, destaca. “No Humai, o foco está nas mães e nas crianças, seja no nascimento, seja durante a infância”. O diretor enfatiza ainda a importância do comprometimento das pessoas do hospital, que tornam possíveis ações de carinho como as desta semana.

Atendimento humanizado

Desde 20 de agosto, os serviços materno-infantis acontecem no Humai-UEPG, nas dependências do Hospital da Criança. Na Maternidade do HU nascem, em média, 8 bebês por dia – em 2019, foram mais de 2500 partos. O suporte às gestantes e bebês é baseado no acolhimento humanizado, com incentivo ao aleitamento materno e práticas de parto humanizado.

Além da maternidade, o Humai conta ainda com uma unidade de atendimento pediátrico para assistência às crianças da região: são 12 leitos clínicos e 15 leitos cirúrgicos, além de um centro cirúrgico. Somente em setembro de 2020, foram 68 crianças atendidas nos leitos pediátricos. No Pronto Atendimento Infantil (PAI), há seis leitos para atendimentos de urgência e emergência.

 Para as crianças que precisam de cuidados intensivos, as UTIs Neonatal e Pediátrica contam, respectivamente, com seis e quatro leitos para recém-nascidos e crianças e dois leitos de UCI Neonatal. Há ainda quatro leitos no Berçário, que presta assistência aos recém-nascidos que não têm necessidade do leito de UTI.

Texto e fotos: Aline Jasper.
Imagens autorizadas pelos pais e responsáveis.

 


Compartilhe