Acadêmicos da UEPG estudam espécies de peixes no Parque Estadual de Vila Velha

Alunos de pós-graduação da UEPG, sob a orientação do professor Roberto Ferreira Artoni, realizam uma pesquisa no Parque Estadual de Vila Velha sobre os lambaris do gênero Astyanax, encontrados nas Furnas, ambiente que apresenta características únicas.

A análise é feita com a ferramenta chamada Photafish que permite estudar a espécie em detalhes e descobrir os principais diferenciais dela. “O modelo reúne um conjunto de equipamentos personalizados para a fotografia dos peixes em campo. Com o registro no local, os pesquisadores conseguem avaliar a espécie com maior precisão, visto que ela ainda não perdeu a sua cor e as escamas ainda estão bem preservadas”, explica o coordenador do projeto, professor Artoni.

Os lambaris ainda são desconhecidos pela ciência e geram perguntas quanto a sua origem e estruturação populacional em ambientes confinados.  Os alunos estudam essas populações ainda inexplorados em relação a genética da conservação e relações ecológicas com parasitas e predadores.

A pesquisa acontece em parceria com a Universidade Tecnológica Federal do Paraná e visa gerar dados úteis ao manejo e à educação ambiental sustentável no Parque Estadual de Vila Velha. Os pesquisadores estão otimistas em relação aos resultados e acreditam que a divulgação científica terá abrangência e impacto e mundiais. Acompanhe o vídeo e saiba mais:

Texto: Vanessa Hrenechen