Sábado, 20 de julho de 2019

« voltar

11/07/2019 - 14h30 / Atualizada 11/07/2019 - 16h05



Estudante apresenta à Prae trabalho sobre transtorno mental no meio acadêmico


por Luciane Pereira da Silva Navarro

A Pró-reitoria de Assuntos Estudantis (Prae) da Universidade Estadual de Ponta Grossa recebeu Felício de Freitas Neto, estudante de medicina, que apresentou à equipe o seu trabalho de conclusão de curso que envolve o tema da Saúde Mental de Estudantes de Ensino Superior. A apresentação aconteceu no último dia 4.

A motivação para o estudo, orientado pela professora Ana Cláudia Garabeli Cavalli Kluthcovsky, foi, segundo Felício, a literatura que aponta que insegurança, privação do sono, cobranças desnecessárias e medo são situações enfrentadas por estudantes desde o início de seus cursos.

"A Prae reconhece a demanda de estudantes sobre a questão da saúde mental e alerta que tem realizado trabalhos em parceria com o Programa UEPG Abraça no sentido da escuta e atenção aos casos que têm sido identificados e que chegam ao conhecimento da Pró-reitoria", afirma a Pró-reitora Ione Jovino. Ela destaca que um aspecto importante é o impacto da saúde mental no processo de aprendizagem. Ações devem incidir sobre esta dimensão a fim de que o estudante em acompanhamento de saúde mental obtenha a retaguarda pedagógica e educacional necessária por parte da instituição para a sua permanência e desempenho satisfatórios no ensino superior, salienta.

A Pró-reitora destaca a iniciativa do estudante ao abordar temas de relevância para a vida estudantil. "É uma forma de mobilizar outros estudantes da UEPG para que aproveitem as oportunidades de pesquisa durante o ensino superior a fim de problematizar questões que envolvam as suas próprias realidades, como o fez exemplarmente, o estudante Felício. Ressaltamos que a Prae está trabalhando para a inclusão da questão da saúde mental no atendimento educacional especializado", diz Jovino.

Lara Floriano, coordenadora do projeto UEPG Abraça, afirma que atualmente há maior preocupação com a saúde mental devido aos enfrentamentos no meio universitário. "Notamos que os acadêmicos dos diversos cursos estão se sensibilizando em relação a essas questões e procuram formas de apoio psicossocial tanto para si, quanto  para os colegas que estão diante desses fatores estressores que podem levar ao adoecimento", diz. Ela ressalta ainda que todo trabalho ou pesquisa para sensibilizar a universidade a desenvolver ações de prevenção ao adoecimento mental são bem-vindos e devem ter o apoio dp projeto para implementação. "Esse é o nosso compromisso  junto as Pró-Reitorias da UEPG, levar a saúde mental a toda comunidade universitária".

O professor Ricardo Zanetti Gomes, Coordenador do Curso de Medicina e integrante da banca avaliadora do trabalho, intermediou a apresentação, considerando a relevância da pesquisa.

 

 

 

Campus Uvaranas - Av. General Carlos Cavalcanti, 4748 - CEP 84030-900 - GPS: 25°5'23"S 50°6'23"W
Campus Central - Praça Santos Andrade, 1 - GPS: 25°5'11"S 50°9'39"W
Fone: (42) 3220-3000 / 3220-3300 - Ponta Grossa - Paraná
Copyright © 1996-2019 - Núcleo de Tecnologia de Informação - UEPG