Princípios: Carta de Princípios
Carta de Princípios

Considerando que somos elos integrantes de uma rede de educação ambiental, buscamos primar pelos princípios da EA que abraçamos, na tentativa de adequar ás sociedades humanas os princípios que embasam a conformação ecossistêmica do mundo. Para garantir a manutenção e expansão de um ecossistema, todas as partes devem ter consciência de sua interdependência recíproca e da contribuição que cada uma, por mais diversa que seja, representa para a continuidade, o enriquecimento e a evolução do todo.

A participação é o exercício da autonomia com responsabilidade, baseada no princípio de que a individualidade de cada um só se completa na relação com o outro e que a liberdade individual acata a liberdade coletiva.

A REA – PARANÀ se norteia pelos seguintes princípios, através da atuação dos membros e elos facilitadores dos Polos regionais.

  1. Somar esforços para se construir instituições democráticas fortes e representativas de todos os segmentos da sociedade, especialmente as que se relacionam com a educação Ambiental, aproximando, integrando e articulando os atores envolvidos em ações, programas e projetos de EA.
  2. Promover parcerias, acordos e negociações para o planejamento, coordenação e execução de programas e projetos de Educação ambiental entendendo as diversidades e os interesses discordantes como manifestações existentes na conformação das sociedades humanas.
  3. Estimular o diálogo, a convivência respeitosa e a participação democrática, buscando pontos comuns e complementares entre diferentes saberes e fazeres que possibilitem a construção coletiva de conhecimentos e práticas de sustentabilidade.

Donwload:

Carta de Ponta Grossa - 2000;

Carta de São José dos Pinhais-2004;

Carta de Apucarana- 2005.